A história mostra que privatizar a Petrobras não reduzirá a dívida. Veja isso em 5⃣ fatos

1⃣ Entre 2014 e 2018, a meta de alavancagem (divisão da dívida da empresa pela sua geração anual de caixa) da estatal era 2,50. Sem qualquer privatização, a companhia atingiu 2,58 de indicador de alavancagem. 📈

2⃣ Com sua própria geração operacional de caixa, ela baixou a dívida líquida de US$ 115,4 para US$ 81,19 bilhões (74,35%). Os lucros são suficientes para que a empresa absorva a dívida naturalmente, como fazem qualquer grande empresa no mundo💰

3⃣ Já as privatizações de subsidiárias que o governo fez reduziram apenas 25,65% do montante. 🤏

4⃣ As unidades vendidas eram altamente rentáveis, e se permanecessem com a estatal o resultado teria sido ainda melhor. Porém, suas privatizações causaram perdas de geração operacional de caixa. 🤦‍♀️

Do ponto de vista econômico e empresarial, não faz sentido algum para uma empresa extremamente lucrativa vender seus ativos (como subsidiárias) para pagar uma dívida que pode ser paga em um prazo bastante longo sem comprometer suas operações.

5⃣ Privatizar a Petrobras para reduzir a dívida é uma mentira. Serviria apenas para enriquecer o capital privado, principalmente o estrangeiro. 🤦‍♂️

 

Compartilhe o post
Instagram  | Facebook